Múltipla Exposição


Essa semana o Marcos Pegorini, que já publicou um artigo aqui, me ensinou uma técnica fotográfica que pode render ótimas fotos, e pela qual passei ‘batido’ ao ler o manual da câmera (já que o equipamento digital deve oferecer o recurso): a múltipla exposição.

A múltipla exposição consiste em fotografar duas ou três vezes no mesmo fotograma, sobrepondo as imagens. A técnica começou com as câmeras analógicas, inicialmente como um ‘problema’ quando o filme não rolava entre duas fotos, e se tornou uma técnica bastante usada pelos resultados bonitos e criativos que podem aparecer. Nas câmeras digitais, o recurso é oferecido em alguns modelos (na Nikon D5100, pode-se usar múltipla exposição com 2 ou 3 fotos). Finalmente, a terceira forma de se fazer isso é com pós-edição, usando o Photoshop, por exemplo.

Para fotografar com esse efeito, basta configurar sua câmera para a múltipla exposição (ou dupla exposição, que é mais comum), e fazer as fotos da maneira desejada. Se quiser fotografar pessoas mudando de lugar, o ideal é usar um tripé, para que o fundo da cena permaneça idêntico nas imagens. Entretanto, fotos em dupla exposição de cenas totalmente diferentes podem gerar resultados muito legais, só dependendo da criatividade do fotógrafo.

Mostro abaixo um exemplo de dupla exposição com tripé:

Nikon D5100, 35mm, f/1.8, 1/60, iso 800, dupla exposição

Nikon D5100, 35mm, f/1.8, 1/60, iso 800, dupla exposição


Nessa foto, simplesmente troquei meu filho de lugar entre uma foto e outra, com a câmera esperando no tripé (no caso da minha Nikon, se ela entra em ‘standby’ a múltipla exposição se desliga).

Para verem como é fácil usar essa técnica, segue uma foto que o meu filho de 3 anos fez, ainda no tripé:

Nikon D5100, 35mm, f/1.8, 1/80s, iso 800, dupla exposição

Nikon D5100, 35mm, f/1.8, 1/80s, iso 800, dupla exposição

Um estilo diferente de dupla exposição, com meu filho brincando na areia, e um fundo de areia:

Nikon D5100, 35mm, f/1.8, 1/3200, iso 100, dupla exposição

Nikon D5100, 35mm, f/1.8, 1/3200, iso 100, dupla exposição

Finalizando, uma foto enviada pelo Marcos, muito boa, onde ele usou a técnica para incluir a lua numa paisagem noturna:

Nikon D5100, 200mm, f/6.3, 1/100s, iso 200, dupla exposição, por Marcos Pegorini

Nikon D5100, 200mm, f/6.3, 1/100s, iso 200, dupla exposição, por Marcos Pegorini

Abraços, Ernani Kern.

Deixe uma resposta